Ruben Semedo em prisão preventiva sob acusação de tentativa de homicídio

Ruben Semedo em prisão preventiva sob acusação de tentativa de homicídio

 

Lusa/AO online   Futebol   22 de Fev de 2018, 14:09

O tribunal de Líria, Espanha, decretou esta quinta-feira prisão preventiva, sem possibilidade de pagamento de fiança, ao futebolista português Ruben Semedo, acusado de vários crimes, entre os quais um de tentativa de homicídio.

Segundo o Tribunal Superior de Justiça da Comunidade Valenciana, Ruben Semedo, de 23 anos, é ainda acusado dos crimes de sequestro, agressões, ameaças, tentativa de roubo e posse ilegal de arma.

Bebiano Gomes, advogado do jogador, disse à agência Lusa que foi aplicada a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva, “com o fundamento de perigo de fuga”.

Segundo a mesma fonte, os advogados que estão a acompanhar o futebolista em Espanha vão recorrer da decisão.

O futebolista do Villarreal foi detido na terça-feira, permanecendo deste então no comando da Guarda Civil, em Patraix, de onde saiu hoje para ser ouvido em tribunal.

Ruben Semedo é suspeito de ter, juntamente com outras duas pessoas, sequestrado um homem, a quem, sob ameaça com uma pistola, retiraram as chaves do apartamento, de onde roubaram dinheiro e objetos.

Segundo o queixoso, um dos agressores disparou duas vezes com uma pistola para o intimidar, sem o atingir.

O jogador, que ficará detido na penitenciária de Picassent, está envolvido noutros incidentes graves que estão a ser investigados pela polícia.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.