Editorial

Aqui há uns anos um jornal desportivo nacional fazia capa com uma foto gigante das novas chuteiras do então artilheiro do Benfica, Nuno Gomes. No artigo explicavam as maravilhas tecnológicas que impregnavam as novas botas do avançado encarnado e da seleção portuguesa. Ranhuras...

Opinião

A escrita semanal de uma crónica é um permanente exercício de busca de um foco de interesse. Esta semana não há dúvida de que a eleição do líder parlamentar do PSD, no rescaldo do congresso, mostra quanto é por vezes difícil, para alguns, a aceitação de toda e qualquer mudança.
Fala-se no dia a dia de um princípio:...

Uma boa parte do debate público no nosso País está eivada de excessos e de radicalismo. Em diversas áreas, em matérias complexas ou simples, há muito boa gente que não resiste à tentação de ver o mundo dividido entre duas categorias: “nós e os outros”. Essa dicotomia, que não deixa lugar para o meio termo nem abre espaço...

Estou a ler um livro que relata todas as encruzilhadas por que passa a Humanidade e, mesmo assim, é um livro otimista ou aquilo que otimista queira significar. Em tempos definia-se como um indivíduo que vivia a vida com espírito positivo e que fazia planos para o futuro, usufruindo dos mesmos durante os anos que vivesse,...

Exmo Senhor
Ministro do Ensino Superior
Queria começar por lhe agradecer o vigor com que decidiu, da sua cabeça, onde é que as pessoas podem estudar. A decisão de eliminar vagas nas universidades e Lisboa e Porto por Decreto (ia escrever com minúscula, mas essas reservo-as para os meses do ano) é de uma sagacidade...

Que a loucura, no fundo, é como tantas outras, uma questão de maioria. A vida é uma convenção: isto é vermelho, aquilo é branco, unicamente porque se determinou chamar à cor disto vermelho e à cor daquilo branco. A maior parte dos homens adoptou um sistema determinado de convenções: é a gente de juízo… (…) Pelo contrário,...

O ser humano é um exímio contador de estórias. Uma das principais forças motrizes de qualquer narrativa é aquilo a que damos o nome de ‘conflito’. Sem conflito não há narrativa, ou esta não tem qualquer interesse. Uma estória sem conflito é vazia e fútil.
O ator e argumentista Doc Comparato afirma que o conflito é...

Sei Padrinho que aprecia as redes sociais. Eu, nem por isso. Que delas faz uso. Eu, só quando obrigado… Bota de elástico?! Não, não sou, até não uso botas. Sei, porém, que não podemos deixar o cidadão à solta, sem regras, porque quando tal acontece ele usa o seu talento para excluir todos os demais. No caso das redes...

Todos nós sabemos que, se estamos aqui e queremos ir para ali, traçamos um caminho para lá chegar. O “aqui” e o “ali” podem ser espaços geográficos e o “caminho” pode ser uma calçada, se formos a pé, ou uma estrada, se formos de carro. O “aqui” e o “ali” também podem ser situações de vida, projetos, objetivos…, individuais...

Apesar de multiplicada ao longo dos séculos e muito conhecida, a lenda que conta as maravilhas e o catastrófico desaparecimento do reino da Atlântida, tem origem desconhecida; apenas se sabe que, narrada pela imensa autoridade de Platão, supõe-se ter algo mais do que o comum fundo de verdade que subjaz às lendas.
Cerca...

Tradicionalmente, tínhamos a realidade real, depois veio a realidade virtual, e agora, temos a tão aclamada realidade aumentada. E quais são as diferenças entre estes conceitos? A real é, obviamente, aquela em que os meus olhos nus vêm o que se passa no espaço em meu redor. A virtual é aquela que vejo quando olho para...

A modos de uma introdução….
  … como fosse de propósito

Sim! Não fosse de propósito, o Horóscopo de hoje (21 de Fev.) para Caranguejo, (meu signo) publicado no jornal Correio dos Açores pelo nosso amigo e astrólogo Luís Moniz rezando o seguinte “Explique bem as suas intenções para evitar mal-entendidos...

O presidente do PSD/A criticou publicamente o Dr. Rui Rio, porque entende que, pasme-se… “É preciso mais ambição para o Partido”, e por este não ter conseguido “…reunir todas as tendências e todas as estruturas num diálogo construtivo...”
Freitas procurou, sem sucesso, retaliar contra o presidente do PSD, pelo facto...

Na passada terça-feira perfizeram-se 40 anos sobre a morte de Vitorino Nemésio. E, curiosamente, neste ano também se assinala o aniversário da primeira edição de diversas obras suas, da poesia à crónica. Nemésio é praiense, é terceirense, é açoriano. Foi um exímio professor, escreveu “o” romance açoriano, na opinião...

Tarde sombria e mar picado. É “Dia de São Vapor” e paira no ar um intenso cheiro a maresia. O cais está apinhado de gente, que embarca, desembarca e espera que alguma coisa aconteça… E há também muitas vacas que aguardam a sua vez para serem embarcadas no “Lima”, com destino a outros matadouros...
Menino e moço,...

Para braço direito, uma metáfora para o membro esquerdo de Rui Rio, foi premiado o caciquismo e o populismo. Salvador Malheiro é o Relvas de Rio. Uma avis rara recentemente arribada ao PSD. O seu recente currículo laranja é a crónica anunciada do clientelismo e a prova de que a baixa política compensa. Do outro lado, Elina...

Esta semana, a Comissão de Agricultura e Desenvolvimento Rural do Parlamento Europeu, recebeu o Comissário Günther Oettinger, responsável pelo orçamento e recursos humanos, para apresentação das perspetivas financeiras para o após 2020. Também quanto às questões orçamentais a Europa vive numa encruzilhada. Por um lado,...

Esta semana, debateu-se, no Parlamento Açoriano, “A União Europeia Pós 2020”.
Lamentavelmente, este debate esteve, praticamente, circunscrito ao envelope financeiro.
É pena, pois a tão propalada EUROPA - da coesão económica e social e do desenvolvimento sustentado - não tem sido uma realidade. Bem pelo contrário:...

 Rio 1 – Incomodados! O PSD é o partido mais português de Portugal. Para o bem …, e para o mal! Se alguém tinha dúvidas, as Diretas para a eleição do Líder demonstraram que, tal como Portugal, o PSD tem “acomodados”, “interesseiros”, “presunçosos” “manhosos” “apaniguados”, mas também “devotos”, “interessados”, “aficionados”,...

Rio 1 – Incomodados!
O PSD é o partido mais português de Portugal. Para o bem …, e para o mal!
Se alguém tinha dúvidas, as Diretas para a eleição do Líder demonstraram que, tal como Portugal, o PSD tem “acomodados”, “interesseiros”, “presunçosos” “manhosos” “apaniguados”, mas também “devotos”, “interessados”, “aficionados”,...

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.