MAI elogia sucesso da segurança nos Açores e assevera reforço de PSP na região

MAI elogia sucesso da segurança nos Açores e assevera reforço de PSP na região

 

Lusa/AO online   Regional   10 de Abr de 2018, 15:24

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, teceu esta terça-feira elogios aos indicadores de segurança nos Açores, sinalizando que, dos atuais 400 elementos da Polícia de Segurança Pública (PSP) em formação, cerca de 40 irão ser colocados na região.

Em declarações feitas em Ponta Delgada, depois de um encontro com o presidente do Governo dos Açores, o ministro Eduardo Cabrita destacou o papel da região autónoma no contributo para "uma das maiores vantagens competitivas que Portugal tem", a de ser "um dos países mais seguros do mundo".

"A segurança está associada àquilo que é o sucesso do turismo na Região Autónoma dos Açores", prosseguiu Eduardo Cabrita, que asseverou ainda que, no caso da PSP, há atualmente 400 agentes "em formação, e uma parcela que se aproximará de 10% desse efetivo", cerca de 40, será colocada nos Açores.

O governante sublinhou ser prioritária uma nova esquadra no município da Ribeira Grande, embora tal dependa nesta fase de um plano da autarquia, prosseguiu.

Os "trabalhos em curso" no município do Nordeste, "ações de requalificação de esquadras em várias ilhas" e o "equacionar de uma localização permanente para a PSP na ilha do Corvo" foram outros dos temas abordados na reunião com o chefe do executivo açoriano, o socialista Vasco Cordeiro.

Eduardo Cabrita está entre hoje e quarta-feira em São Miguel para um conjunto de visitas às forças e serviços de segurança nos Açores – PSP, GNR e SEF – e para a preparação do processo de descentralização de competências para os municípios, pasta também por si tutelada.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.