Tiger Woods brilha no 'major' britânico, Kisner perde liderança isolada

Tiger Woods brilha no 'major' britânico, Kisner perde liderança isolada

 

Lusa/Ao online   Outras modalidades   22 de Jul de 2018, 09:39

O norte-americano Tiger Woods efetuou este sábado uma das suas melhores voltas nos últimos anos, ao entregar um cartão com 66 pancadas, cinco abaixo do par, e colar-se à frente no Open Britânico de golfe, liderado por um trio.

Woods, que venceu este ‘major’ – um dos quatro torneios mais importantes do mundo – em três ocasiões (2000, 2005 e 2006), atravessou grandes problemas, pessoais e de saúde, que o fizeram sair do circuito.

Hoje, o golfista californiano colocou-se em Carnoustie, na Escócia, após a terceira volta do Open Britânico, a quatro pancadas dos seus compatriotas Jordan Spieth, Xander Schauffele e Kevin Kisner.

Tiger Woods teve um dos melhores registos do dia, com 66 pancadas, que lhe permitiram subir 23 posições e situar-se num grupo de sextos classificados, com um total de 208 pancadas (71, 71, 66).

Nos ’18 buracos’ do percurso em Carnoustie, os ‘holofotes’ recaíram todos sobre o antigo número um mundial, com seis ‘birdies’ (uma abaixo do par) e apenas um ‘bogey’ (uma acima), com um cartão claramente favorável.

O vencedor de 14 ‘majors’ na carreira (entre Masters, US Open, Open Britânico e PGA) teve os melhores resultados nos buracos 4, 6, 9, 10, 11 e 14, ficando acima do par apenas no buraco 16.

O melhor ‘cartão’ foi entregue pelo inglês Justin Rose, com 64 pancadas (sete abaixo do par), que o fizeram subir 52 lugares, até ao grupo dos 13.ºs classificados.

Na frente, o norte-americano Kevin Kisner fez 68 pancadas e foi alcançado por Jordan Spieth (65) e Xander Schauffele (67), com o trio a liderar o torneio a uma volta do final, com 204 pancadas.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.