Nova vacina em desenvolvimento oferece esperança contra a pneumonia

Nova vacina em desenvolvimento oferece esperança contra a pneumonia

 

LUSA/AO online   Ciência   20 de Out de 2017, 18:14

A pneumonia matou mais de dois milhões de crianças no mundo em 2004, mas um estudo da Universidade de Buffalo, nos Estados Unidos, indica que há esperança com uma nova vacina em desenvolvimento, com maior cobertura dos riscos

A nova vacina pode ser um novo travão para a doença, baixando o número de mortes e visando dezenas de derivações adicionais, antecipando futuras versões da bactéria responsável pela doença, que inclui a sépsis e a meningite, refere o estudo, publicado hoje na revista especializada Science Advances.

Dados da Organização Mundial de Saúde indicam que em 2015, o número de mortes de crianças baixou para menos de um milhão.

Mais acesso a antibióticos e uma melhor alimentação contribuíram para reduzir a doença. Mas os cientistas dizem que é especialmente devido às vacinas introduzidas no início dos anos 2000 que atingiram 23 das formas mais mortais da bactéria que causa pneumonia, a 'Streptococcus pneumoniae'.

A vacina agora anunciada provocou uma resposta imune a 72 formas de 'S. pneumoniae' – incluindo as 23 mencionadas anteriormente – em testes de laboratório com animais, de acordo com o trabalho publicado hoje na Science Advances.

O estudo é “o mais abrangente”, até hoje, sobre a doença, dizem os investigadores.

“Fizemos um tremendo progresso a combater a propagação da pneumonia, especialmente entre as crianças. Mas se queremos erradicar a doença, temos de criar vacinas mais inteligentes e económicas”, afirmou Blaine Pfeifer, professor associado de biologia química e biológica na Faculdade de Engenharia e Ciências Aplicadas daquela universidade e coautor do estudo.

De acordo com os resultados do estudo, a nova vacina fornece uma forte imunidade (comparativamente à existente Prevnar) e está preparada para facilitar a adição de açúcares para uma mais ampla cobertura.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.