Papa pede que o medo não impeça de acolher os refugiados

Papa pede que o medo não impeça de acolher os refugiados

 

Lusa/AO Online   Internacional   20 de Jun de 2018, 12:27

O papa Francisco pediu hoje que "o medo" não impeça de acolher "os pobres, os rejeitados, os refugiados", numa mensagem publicada hoje na sua conta de Twitter.

"Encontramos Jesus no pobre, no rejeitado, no refugiado. Não deixemos que o medo nos impeça de acolhe o próximo necessitado", lê.se na conta do papa Francisco, com a "hashtag" (etiqueta) "#WithRefugees".

A mensagem foi divulgada por ocasião da data em que se celebra o Dia Mundial do Refugiado.

Francisco apelou já, durante o seu pontificado, a "uma gestão global e partilhada da migração internacional, apoiada nos valores da justiça, da solidariedade e da compaixão", como recordou num encontro, na semana passada, entre o Vaticano e o México.

Em várias ocasiões, o papa pediu que o medo dos estrangeiros "não alimente o ódio e a rejeição".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.