Israel e Hamas acordam um cessar-fogo


 

Lusa/Ao online   Internacional   21 de Jul de 2018, 12:03

Israel e o Hamas acordaram hoje um cessar-fogo, após a escalada de violência de sexta-feira, que provocou cinco mortos, anunciou esta sexta feira um porta-voz do grupo islamita.

Em comunicado, o porta-voz do Hamas, Fawzi Barhoum, atribuiu o cessar-fogo aos esforços do Egito e das Nações Unidas.

Na sexta-feira, a escalada de violência em Gaza provocou a morte de quatro palestinianos e de um israelita.

Desde 30 de março que os palestinianos protestam regularmente no setor fronteiriço para denunciar o bloqueio imposto em Gaza e exigir o regresso dos refugiados palestinianos expulsos ou que fugiram das suas terras em 1948, no decurso da formação do Estado de Israel.

Mais de 130 palestinianos, a maioria desarmados, foram mortos por fogo israelita desde o início dos protestos.

Entre israelitas há a registar a morte de um soldado esta sexta feira.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.