EUA pedem à ONU "plena aplicação" das sanções até que Coreia do Norte avance com desnuclearização

EUA pedem à ONU "plena aplicação" das sanções até que Coreia do Norte avance com desnuclearização

 

Lusa/Ao online   Internacional   21 de Jul de 2018, 11:54

O secretário de Estado dos Estados Unidos da América, Mike Pompeo, exigiu esta sexta feira das Nações Unidas a "plena aplicação das sanções" contra a Coreia do Norte até que o país cumpra com os seus compromissos de desnuclearização.

O responsável transmitiu esta mensagem aos 15 membros do Conselho de Segurança numa reunião informal a que também assistiram o Japão e a Coreia do Norte.

Já aos jornalistas, numa conferência de imprensa conjunta com o secretário das Nações Unidas, António Guterres, Pompeo insistiu que é fundamental que continue a pressão sobre o regime norte-coreano se se quiserem conseguir avanços no processo de negociação aberto no início do ano.

“Quando as sanções não se aplicam, as perspetivas para uma desnuclearização com sucesso diminuem", disse Pompeo, na sede da Organização das Nações Unidas (ONU).

Nos últimos anos, o Conselho de Segurança tornou mais duras as sanções contra a Coreia do Norte em resposta aos seus testes nucleares e de mísseis, mas os Estados Unidos acreditam que nem todos os países estão a fazer tudo o necessário para os implementar.

Especificamente, Washington quer assegurar o fim de exportações para Pyongyang de produtos petrolíferos refinados.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.