Turista italiano resgatado a norte de São Jorge

Carregando o video...

 

Ana Carvalho Melo   Regional   28 de Ago de 2017, 18:13

O MRCC Delgada coordenou no sábado o resgate de um turista italiano num caiaque na costa Norte de São Jorge.

De acordo com a Autoridade Marítima, no sábado, dia 26 de agosto, cerca das 17h20, o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada) recebeu informação de que um cidadão estrangeiro estaria ao largo da Fajã da Caldeira de Santo Cristo, na costa Norte de São Jorge, num caiaque e sem capacidade de voltar a terra.

A Capitania do Porto da Horta empenhou uma embarcação semirrígida da Estação Salva-vidas, com três tripulantes, e solicitou o apoio dos Bombeiros Voluntários da Calheta de São Jorge, os quais empenharam também uma embarcação tripulada e reforçada com um elemento da Autoridade Marítima que fazia rondas às zonas balneares não vigiadas.

Havendo algum grau de incerteza quanto ao exato posicionamento do indivíduo em questão, as embarcações dirigiram-se para a costa norte de São Jorge, uma dobrando a Ponta dos Rosais, a Oeste, e outra contornando o Topo, a Este, tendo a Polícia Marítima iniciado buscas ao longo da costa.

Entretanto, foi possível apurar que a pessoa em dificuldades teria sido levada para terra por ação do vento e das correntes, encontrando-se a cerca de 5 km a este da Fajã da Caldeira de Santo Cristo, numa zona completamente desabitada, de muito difícil acesso terrestre, sendo a costa de calhau rolado.

As equipas de socorro conseguiram avistar o indivíduo cerca das 19h00, mas atendendo à rebentação que se fazia sentir e à morfologia da linha de costa foi necessário que o operacional da Estação Salva-vidas da Horta nadasse até costa transportando consigo uma boia e uma linha de vida, o que permitiu que a equipa dos Bombeiros recolhesse a pessoa em segurança, tendo sido de imediato transportado para a Calheta de São Jorge, onde foi observado no Centro de Saúde local.

O indivíduo de nacionalidade italiana, com 27 anos de idade, apresentava sinais ligeiros de hipotermia, mas não carecia de cuidados especiais pelo que teve alta em seguida.​

Nesta operação, para além do Centro de Busca e Salvamento de Ponta Delgada, foram empenhadas duas embarcações, uma da estação salva-vidas da Horta e outra dos Bombeiros Voluntários da Calheta de São Jorge, e uma patrulha da Polícia Marítima em veículo TT.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.