Teatro Micaelense acolhe Festival de Música dos Açores - Jazzores 2017

Teatro Micaelense acolhe Festival de Música dos Açores - Jazzores 2017

 

Ana Carvalho Melo   Cultura e Social   26 de Out de 2017, 11:54

No âmbito da programação do Festival de Música dos Açores - Jazzores 2017, o Teatro Micaelense acolherá os concertos da violoncelista Giovanna Barbati (27 de outubro), da Orquestra Angrajazz (28 de outubro), do pianista Marino Formenti (31 de outubro) e do Alban Berg Ensemble Wien (1 de novembro).

Violoncelista e gambista, Giovanna Barbati dedica-se ao repertório antigo, contemporâneo e à música improvisada. Apresenta-se frequentemente a solo, em recital, tendo, nesse âmbito, estreado diversas peças que lhe foram dedicadas. Giovanna é, há vários anos, primeiro violoncelo e solista de viola da gamba da Academia Montis Regalis, agrupamento dirigido por Alessandro De Marchi.

A Orquestra Angrajazz é o projeto de formação da Associação Cultural Angrajazz. Constitui-se em Julho de 2002, tendo feito o seu concerto inaugural no 4.º Angrajazz. Desde o seu início, tem a direção dos músicos Claus Nymark e Pedro Moreira. Para além de inúmeros concertos na ilha Terceira, já se apresentou em Lisboa, no Funchal Jazz, e nas ilhas de S. Jorge, S. Miguel e Graciosa. Em 2016, no 18º Angrajazz, a Orquestra interpretou na íntegra, pela primeira vez em Portugal, “The Far East Suite”, do grande Duke Ellington. É com este programa, e com os músicos convidados, Paulo Gaspar (clarinete) e Ricardo Toscano (saxofone alto), que se apresentará no Teatro Micaelense. Este concerto conta com o patrocínio da Açoreana Seguros.

A combinação rara de emoção e inteligência em Marino Formenti definem-no como um dos músicos mais interessantes da sua geração. Na sua actividade, o foco no repertório contemporâneo vai amiúde de par com uma reflexão sobre o repertório clássico e sobre as conexões entre os diferentes estilos e backgrounds musicais, incluindo música exterior à tradição ocidental e formas de música popular. Elogiado pelo Los Angeles Times como “um Glenn Gould para o séc. XXI”, o seu gosto por experimentar combinações novas e inesperadas levou-o a desenvolver projetos únicos e formatos alternativos de concertos.

Apresentar programas de concerto estimulantes e adequados ao nosso tempo; convidar o público a juntar-se às suas viagens artísticas de descoberta; e comunicar a música de um modo aberto ao mundo, sem concessões e de forma poética: são estes os fios condutores de sete músicos, ao reunirem-se sob o nome de Alban Berg Ensemble Wien. O conceituado Quarteto Hugo Wolf, a pianista Ariane Haering, assim como a flautista Silvia Careddu e o clarinetista Alexander Neubauer (ambos da Orquestra Sinfónica de Viena) criaram, em 2016, este Ensemble, ao qual a Fundação Alban Berg emprestou o seu nome. O agrupamento apresenta-se no Teatro Micaelense com um programa que inclui obras de Schubert, Anton Von Webern, Lucas Haselböck e Brahms.

O Festival de Música dos Açores - Jazzores 2017 é uma organização da Associação Cultural Jazzores, em coprodução com o Teatro Micaelense.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.