Homicida tenta fugir à PSP em Ponta Delgada

Homicida tenta fugir à PSP em Ponta Delgada

 

Miguel Bettencourt Mota / LUSA   Regional   21 de Fev de 2018, 13:56

Um homem de 18 anos, condenado por um homicídio em 2016 e a aguardar o resultado do recurso da sentença em prisão domiciliária, no concelho de Ponta Delgada, tentou pôr-se em fuga, informa um comunicado da Polícia de Segurança Pública (PSP).




Como se pode ler, "a PSP recebeu o alerta do Núcleo dos Açores da Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, logo que detectaram que a pulseira de vigilância electrónica havia sido cortada, pelo que, através das suas várias valências, iniciou a busca do fugitivo, conseguindo encontrá-lo e detê-lo pouco tempo depois".

Agora, o jovem é também "suspeito da prática de um crime de evasão", tendo sido presente ao DIAP, durante esta quarta-feira.

Desavença no Facebook motivou a morte de um jovem de 14 anos

Recorde-se que o jovem natural dos Açores é acusado pela morte de um adolescente de 14 anos em agosto de 2016, em Gondomar, e que foi condenado a seis anos de prisão efetiva pelo Tribunal São João Novo, no Porto, tendo optado por recorrer da sentença.

A 27 de agosto de 2016, os dois jovens envolveram-se numa discussão, motivada por uma desavença que mantinham na rede social Facebook, por causa de uma namorada.

Na sequência dessa discussão, o acusado agrediu com um mosquetão a vítima que, dois dias depois, acabou por morrer no Hospital São João, no Porto.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.