Sporting defende título na Taça dos Campeões de atletismo, Benfica quer o pódio

Sporting defende título na Taça dos Campeões de atletismo, Benfica quer o pódio

 

Lusa/AO online   Outras modalidades   25 de Mai de 2018, 09:49

O Sporting defende este fim de semana em Birmingham, Inglaterra, o título de campeão europeu de atletismo feminino, uma missão que não é fácil, face à concorrência do Enka, da Turquia.

Em masculinos, é o Enka, repleto de atletas não nascidos na Turquia, que defende o título, com o Benfica a tentar repetir, no Alexander Stadium de Birmingham, o brilharete do terceiro lugar de 2016.

No ano passado a Taça dos Clubes Campeões Europeus não se disputou, com a Associação Europeia de Atletismo a anular a competição que estava marcada para Mersin, na Turquia, devido à situação de grande tensão na região - a cidade fica perto da fronteira com a Síria.

Agora, são os ingleses do Birchfield Harriers no papel de anfitriões dos clubes do Grupo A da prova, num total de 10 em cada setor.

O grande destaque no Sporting é o regresso às provas de Patrícia Mamona, com 'trabalhos dobrados' em triplo e comprimento, aqui no lugar de Evelise Veiga, remetida a reservista. A campeã europeia do triplo ainda não competiu desde a época passada, por lesão.

Outro 'trunfo' de peso é Sara Moreira, que também duplica a prestação, nos 3.000 metros e 5.000. Outras 'leoas' com provas sábado e domingo são Lorene Bazolo (100 e 200), Cátia Azevedo (400 e 800) e a bielorrussa Sviatlana Kudzelich (1.500 e 3.000 obstáculos).

A segunda estrangeira do Sporting deverá ser Noelie Yarigo, do Benin, inscrita para a estafeta 4x400 e ainda como reservista.

O Enka vem, mais uma vez, recheado de estrelas, a comprovar a aposta no atletismo daquele país. É o caso da velocista búlgara Ivet Lalova-Collio, vice-campeã europeia de 100 e 200 metros, da polaca Malgorzata Holub, quatrocentista, e da naturalizada Yasemin Can, campeã da Europa em 5.000 e 10.000 metros, que estará nos 3.000 e 5.000.

Outras naturalizadas de grande nível são Karin Melis Mey (comprimento) e Meryem Akdag (1.500), numa equipa que conta ainda com excelentes turcas de origem, como Kivilcim Salman (martelo) e Elif Goren (400 metros barreiras).

Em força estará o Thames Valley Harriers, como seria de esperar, e nas contas do pódio também entram as espanholas do Valencia Esports e mesmo as eslovenas do Kladivar.

Quanto ao Benfica, a aposta é melhorar o bronze de há dois anos em Mersin, ou pelo menos mantê-lo. O Enka vem defender o título e os 'encarnados' são seguramente uma das equipas mais fortes, entre os desafiantes.

O maior nome do Benfica é o triplista Pedro Pablo Pichardo, recente recordista nacional e um dos poucos atletas que já superou a barreira dos 18,00 metros.

Mas também competem o polaco Marcin Lewandowski, medalha de prata no mundial de pista coberta deste ano em 1.500 metros, Samuel Barata, que bateu o seu recorde pessoal nos 10.000 metros no mês passado (estará nos 5.000), o regressado de lesão Diogo Ferreira (vara) e Tsanko Arnaudov (peso), medalha de bronze no europeu de 2016, também ele a vir de lesão.

Já o Enka, apresenta como 'trunfos' o vice-campeão europeu de 100 metros, Jak Ali Harvey (também em 200), o campeão europeu de 10.000, Polat Kemboi Arikan (estará nos 3.000 e 5.000), Tarik Langat Akdag, medalha de prata no Europeu há seis anos nos obstáculos e o bósnio Mesud Pezer, quinto no lançamento do peso do mundial de pista coberta de há dois meses.

Do lado do Birchfield Harriers, destaque para os velocistas Joel Fearon, com recorde abaixo dos 10 segundos no hectómetro, Leon Reid, vice-campeão europeu sub-23 de 200, e Jake Porter, que vai aos 110 metros barreiras.

O Playas de Castellon avança com dois atletas do Burundi, Antoine Gakeme, vice-campeão mundial de 800 metros em pista coberta há dois anos, e Thierry Ndikumwenayo, que tem bons registos em 3.000 metros e 5.000. Outro destaque é o martelista Javier Cienfuegos.

Equipas participantes:

- Masculinos

Royal Excelsior (Bélgica), Sparta (Dinamarca), Playas de Castellón (Esp), Birchfield Harriers (Grã-Bretanha), Clonlife Harriers (Irlanda), Cosma (Lituânia), Benfica (Portugal), Slavia Bratislava (Eslováquia), Mass Liubliana (Eslovénia), Enka (Turquia).

- Femininos

Brabant Wallon (Bélgica), Sparta (Dinamarca), Valencia Esports (Espanha), Thames Valley Harriers (Grã-Bretanha), Bracco Athletica (Itália), Rotterdam Atletiek (Holanda), Sporting (Portugal), Spartak Dubnica nad Váhom (Eslováquia), Klodivar (Eslovénia), Enka (Turquia).

Constituição das equipas portuguesas, com indicação de recordes pessoais:

- Benfica

100 metros: José Lopes (10,44)

200 metros: David Lima (20,30)

400 metros: Ricardo dos Santos (45,74)

800 metros: José Carlos Pinto (1.49,66)

1.500 metros: Marcin Leandowski, Polónia (3.34,04)

3.000 metros: Emanuel Rolim (8.04,49)

5.000 metros: Samuel Barata (13.56,43)

3.000 metros obstáculos: André Pereira (8.53,64)

110 metros barreiras: Helio Vaz (14,23)

400 metros barreiras: Diogo Mestre (51,42)

Altura: Paulo Conceição (2,24)

Vara: Diogo Ferreira (5,71)

Comprimento: Ivo Tavares (7,67)

Triplo: Pedro Pablo Pichardo (18,08)

Peso: Tsanko Arnaudov (21,56)

Disco: Francisco Belo (62,01)

Martelo: António Vital e Silva (71,48)

Vara: Leandro Ramos (73,61)

4x100 metros: Diogo Antunes, Frederico Curvelo, Rafael Jorge, José Lopes

4x400 metros: Ricardo dos Santos, João Coelho, Raidel Acea, Mauro Pereira

- Sporting

100 metros: Lorene Bazolo (11,21)

200 metros: Lorene Bazolo (23,01)

400 metros: Cátia Azevedo (51,63)

800 metros: Cátia Azevedo (2.06,11)

1.500 metros: Svetlana Kudzelich, Bielorussia (4.10,76)

3.000 metros: Sara Moreira (8.42,69)

5.000 metros: Sara Moreira (14.54,71)

3.000 metros obstáculos: Svetlana Kudzelich, Bielorussia (9.27,95)

100 metros barreiras: Olímpia Barbosa (13,46)

400 metros barreiras: Andreia Crespo (57,94)

Altura: Anabela Neto (1,85)

Vara: Marta Onofre (4,51)

Comprimento: Patrícia Mamona (6,28)

Triplo: Patrícia Mamona (14,65)

Peso: Jessica Inchude (15,75)

Disco: Irina Rodrigues (63,96)

Martelo: Vânia Silva (69,55)

Vara: Cláudia Ferreira (51,50)

4x100 metros: Lorene Bazolo, Olímpia Barbosa, Carla Barbosa, Rosalina Santos

4x400 metros: Cátia Azevedo, Filipa Martins, Dorothé Évora, Noelie Yarigo (Benin)



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.