Serena desiste pela primeira vez durante um ‘Grand Slam’

Serena desiste pela primeira vez durante um ‘Grand Slam’

 

Lusa/AO online   Outras modalidades   4 de Jun de 2018, 14:28

A tenista norte-americana Serena Williams, três vezes vencedora em Roland Garros, desistiu esta segunda-feira pela primeira vez durante um ‘Grand Slam’, antes de defrontar a russa Maria Sharapova, nos oitavos de final no torneio francês, devido a problemas musculares.

“Infelizmente tenho tido alguns problemas com o musculo peitoral direito, neste momento não consigo servir e torna-se muito difícil jogar com esta limitação física”, afirmou a vencedora de 23 ‘majors’, que esteve mais de um ano parada depois de ter sido mãe.

O abandono da 451.ª do ‘ranking’ WTA e antiga número um mundial, de 36 anos, do torneio de singulares ocorre um dia depois da eliminação na competição de pares, na qual, juntamente com a irmã Venus, foi derrotada pela espanhola María José Martínez e pela eslovena Andreja Klepac, terceiras cabeças de série.

“[No domingo, em pares] Pensei que era a oportunidade perfeita para avaliar como estava. É muito frustrante, porque desperdicei tanto tempo com a minha filha e a minha família por isto […]. Nunca senti isto na minha vida, é muito doloroso. Já tive muitas lesões, mas esta nunca. E a cada jogo sentia que estava a melhorar, fisicamente estive bem. Só posso pensar que ainda vou melhorar”, afirmou Serena, em conferência de imprensa.

Com o abandono da norte-americana, Sharapova, 30.ª do mundo, avança para os quartos de final pela nona vez, fase em que vai defrontar a vencedora do embate entre a espanhola Garbine Muguruza, terceira da hierarquia, e a ucraniana Lesia Tsurenko, 39.ª.

“É muito difícil porque adoro jogar com a Maria [Sharapova]. É um jogo que me motiva sempre e estou muito desapontada, mas, prometi a mim mesma que não jogaria se estivesse pelo menos a 50%”, rematou Serena, campeã em Paris em 2002, 2013 e 2015.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.