Papa Francisco chegou ao Bangladesh depois da visita à Birmânia

Papa Francisco chegou ao Bangladesh depois da visita à Birmânia

 

Lusa/AO online   Internacional   30 de Nov de 2017, 10:05

O Papa Francisco chegou esta sexta-feira à capital do Bangladesh, após uma visita diplomaticamente delicada à Birmânia devido ao êxodo de centenas de rohingyas, a minoria muçulmana alvo de descriminação pelos militares birmaneses.


Proveniente de Rangun, o Papa chegou a Daca às 14:45 (08:45 em Lisboa) onde vai permanecer até sábado.

O Bangladesh, com 160 milhões de habitantes, enfrenta desde o verão o exílio forçado de milhares de pessoas da comunidade rohingya que fogem da Birmânia.

Mais de 620 mil pessoas da minoria muçulmana birmanesa começaram a abandonar o país em direção ao Bangladesh, há três meses, para escaparem a perseguições que as Nações Unidas consideram “limpeza étnica”.

A crise humanitária que atinge os rohingyas é uma das mais graves ocorridas no século XXI e está a marcar a deslocação do chefe da igreja católica.

Hoje de manhã, ainda na Birmânia, o Papa celebrou uma missa que juntou os católicos de Rangun.

No Bangladesh, a comunidade católica é uma minoria constituída por 380 mil pessoas sendo que esta deslocação é a primeira visita de um chefe da igreja católica depois da viagem do Papa João Paulo II, em 1986.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.