Morreu comunista açoriano João Gomes

Morreu comunista açoriano João Gomes

 

Lusa/AOOnline   Regional   11 de Abr de 2018, 16:38

O PCP/Açores informou hoje que morreu na segunda-feira o "destacado militante" do partido na região João Gomes, que nas autárquicas do ano passado tinha concorrido à presidência da autarquia da Ribeira Grande.


"João Gomes gozava de um enorme prestígio pela sua atitude de solidariedade com os que o rodeavam, sempre atento e interventivo na resolução dos problemas dos outros e da comunidade com quem mantinha um estreito contacto", diz o PCP/Açores em nota de pesar hoje enviada às redações.

O comunista, que faleceu aos 57 anos após doença prolongada, foi candidato em várias eleições para as autarquias locais, nomeadamente encabeçando listas para a Câmara Municipal da Ribeira Grande e para a Junta de Freguesia do Pico da Pedra no quadro da CDU - Coligação Democrática Unitária.

Militante do PCP desde o princípio dos anos 1980, João Gomes manteve toda a vida uma postura de continuada, persistente e muito esclarecida militância no seu partido, valorizam os comunistas açorianos.

"O desaparecimento de João Gomes, aos 57 anos de idade, constitui uma enorme perda para o Pico da Pedra e Ribeira Grande, para a ilha de São Miguel e para os Açores, a sua querida terra", acrescenta a nota de pesar.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.