Governo dos Açores diz que analisou "exaustivamente" situação de inspetores de viação


 

Lusa/AO Online   Regional   13 de Mar de 2018, 08:16

O Governo dos Açores, através da Direção Regional dos Transportes, declarou hoje "respeitar" as "reivindicações dos inspetores-adjuntos de viação" da região, sublinhando que a situação foi analisada "exaustivamente" e o entendimento "não é coincidente" com o do sindicato.

"A revisão das carreiras de inspeção de viação é um assunto relativamente complexo e efetivamente o entendimento da Administração Pública Regional não é coincidente com a do sindicato, pois esta, ao contrário deste, entende que uma tal revisão terá de aguardar pela revisão da carreira de inspetor superior de viação existente a nível nacional", sustenta nota da Direção Regional dos Transportes dos Açores endereçada à agência Lusa.

A direção diz ser do "conhecimento do sindicato" que foi analisada "exaustivamente a situação individual de cada um dos cinco inspetores-adjuntos de viação no sentido de verificar a viabilidade de ingresso na carreira de inspetor técnico de viação", tendo sido concluído que "quatro deles não reúnem a totalidade dos requisitos habilitacionais legalmente exigidos".

E concretiza a entidade que "a proposta que o sindicato diz ter enviado à Direção Regional dos Transportes em 15 de novembro não contém o detalhe que se esperava e que tinha ficado subentendido na reunião realizada em finais de setembro do mesmo ano. Seja como for, o assunto está sinalizado e em avaliação".

Hoje, o Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas anunciou uma greve entre os dias 02 e 06 de abril, reivindicando a regulamentação imediata das carreiras de inspetor de viação nos Açores.

“Foi hoje entregue ao Governo Regional [açoriano] um aviso prévio de greve para os dias 02, 03, 04, 05 e 06 de abril, que é a semana logo a seguir à Páscoa”, afirmou o coordenador do sindicato, João Decq Mota, em conferência de imprensa realizada em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.

O dirigente sublinhou que o sindicato, “no seguimento de diversas reuniões com o diretor regional dos Transportes" enviou em 15 de novembro de 2017 uma "proposta concreta que não mereceu até à presente data qualquer tipo de resposta” do executivo.

De acordo com o sindicato, nos Açores existem cinco inspetores-adjuntos de viação e oito inspetores técnicos que têm “índices salariais diferentes e carreiras diferentes”.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.