Companhia de aviação Ryanair cancelou mais de mil voos em maio

Companhia de aviação Ryanair cancelou mais de mil voos em maio

 

Lusa/AO online   Economia   5 de Jun de 2018, 09:06

A companhia aérea de baixo custo Ryanair cancelou mais de 1.100 voos no passado mês de maio em virtude das greves dos controladores franceses, falta de pessoal e problemas meteorológicos.

Um comunicado da empresa refere que os cancelamentos afetaram mais de 200 mil passageiros e, por isso, pediu à Comissão Europeia que tome medidas “imediatas” para que sejam evitadas “medidas de força” durante os meses de verão.

“Lamentavelmente, mais de 200 mil clientes da Ryanair viram os seus voos cancelados em maio devido a greves (controladores aéreos), falta de pessoal e tempestades”, indica o porta-voz da Ryanair, Kenny Jacobs, no mesmo comunicado enviado à Bolsa de Valores de Londres.

Mesmo assim, a empresa indicou que as ligações em maio aumentaram 6% em relação ao mesmo período do ano passado: 12 milhões de passageiros enquanto que no setor do transporte de mercadorias verificou-se um aumento de 1%.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.