Abel Ferreira quer Braga corajoso e audaz para vencer o Benfica

Abel Ferreira quer Braga corajoso e audaz para vencer o Benfica

 

Lusa/AO online   Futebol   12 de Jan de 2018, 14:21

O treinador Abel Ferreira disse hoje querer um Sporting de Braga corajoso e audaz para ganhar na receção ao Benfica, no sábado, em jogo da 18ª jornada da I Liga de futebol.

Abel Ferreira quer a equipa na "máxima força" para disputar "até ao último segundo" um jogo que espera "repartido", tendo considerado que "nestes jogos, muitas vezes o maior adversário está dentro" dos próprios jogadores.

"Só lhes peço para terem a coragem, disponibilidade e audácia para fazer o que temos vindo a fazer no campeonato", disse.

O Sporting de Braga está a três pontos dos ‘encarnados', pelo que uma vitória deixa os minhotos colados à equipa da Luz no terceiro lugar na I Liga.

"É um desafio, uma oportunidade para continuarmos na luta pelos nossos objetivos. Sabemos da mais valia do nosso adversário, é o campeão em título, uma equipa recheada de grandes jogadores, tem um treinador que é um exemplo de alguém que não dá desculpas, olha para dentro e valoriza os jogadores que tem, que potenciou e valorizou jogadores como Lindelof, Ederson ou Nélson Semedo, merece todo o respeito", disse na antevisão da partida.

Abel Ferreira lembrou o recente dérbi com o Sporting (1-1), jogo "onde, por ventura, toda a gente esperaria o contrário do que se viu", para elogiar o Benfica, equipa "que tem um jogador que foi um dos melhores da história do Braga [Rafa] que tem dificuldades em jogar, o que demonstra bem a sua grandeza".

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, incluiu o Sporting de Braga na luta pelo título e Abel Ferreira agradeceu o elogio, mas notou que os objetivos "são claros desde o início: ficar nos quatro primeiros lugares".

Contudo, frisou que se os três ‘grandes’ perderem pontos, o Sporting de Braga tem que estar preparado para aproveitar tendo em vista essa eventual luta pelo título, ambição máxima do presidente, António Salvador.

"Os jogadores revêm-se nessa ambição, mas também já lhe disse que ele não quer ganhar mais do que eu. O Braga já foi terceiro e quarto, mas nesses anos essas equipas acima estavam ‘constipadas’, agora temos que estar cheios de saúde e esperar que possam ter uma ‘gripezita’ e se deixem dormir, aí seria mais fácil fazer o que ainda não foi feito, temos que estar preparados, não é impossível, mas é um desafio grande e muito ambicioso", disse.

O técnico frisou a regularidade da sua equipa no campeonato e defendeu a importância da pressão de jogar sempre para ganhar.

"É algo que temos que encarnar e ser normal para nós, o difícil não é ganhar, mas ganhar constantemente. Queremos criar esta mentalidade de jogar para ganhar e voltar a ganhar, só assim se chega a outro tipo de patamares", disse.

Sporting de Braga, quarto classificado, com 37 pontos, e Benfica, terceiro, com 40, defrontam-se às 20:30 de sábado, no estádio municipal de Braga.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.